Dormir para reparar o sistema nervoso

Um nova descoberta a favor do papel reparador do sono
Apesar dos avanços da neurociência, as funções do sono não são ainda bem conhecidas. Um estudo recentemente da Dra. Chiara Cirelli e colaboradores, da Universidade de Wisconsin, deu mais um contributo nesta área.
Trabalhando com um modelo animal, estes autores mostraram que a proliferação das células precursoras dos oligodendrocitos duplica durante o sono, ou seja, são geradas duas vezes mais células neste período.
Estas células têm um importante papel de suporte no sistema nervoso, e particularmente, produzem a baínha de mielina das fibras nervosas, uma espécie de isolante que permite uma transmissão muito mais rápida dos impulsos nervosos.
A nível genético, foi também evidente que durante o sono são ativados genes envolvidos na síntese de fosfolípidos (componente das membranas das células) e da própria mielina.
Esta ativação não aconteceu nos ratinhos que foram obrigados a permanecer acordados, mostrando que depende do sono. Pelo contrário, nos ratinhos acordados houve maior expressão de genes relacionados com a morte celular programada e as respostas de stress das células.
Dormir faz bem à saúde – respeite as horas de sono necessárias!
Bibliografia: Cirelli C et al. Effects of sleep and wake on oligodendrocytes and their precursors. J Neurosci. 2013 Sep 4;33(36):14288-300. doi: 10.1523/JNEUROSCI.5102-12.2013.           
Partilhar
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on PinterestShare on Google+Email this to someone

Filipe Glória Silva

Pediatra do Desenvolvimento Developmental Pediatrician

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Verificação anti SPAM * Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.